Arquivo | SPFW RSS feed for this section

SPFW day #6

17 jun

O último dia de um evento de moda tem sempre aquele gostinho de “quero mais”, né? Mesmo com toda a correria do trabalho e paciência para a montagem das fotos, sentirei falta desse clima fashion. O último dia do SPFW foi bastante eclético. Todos os estilos se encontraram nos pés. Vamos conferir?

Cavalera, sua lynda! Um dos sapatos mais originais dessa temporada. Curti, e muito!!! Aliás, gosto muito da pegada rocker da marca e esse sapato segue bem essa tendência. Amei! Quero um!!!

Outra sandália e de estilo completamente diferente que eu adorei: André Lima. Só prova que sou eclética no quesito sapatos. Simplesmente lindo esse material que parece artesanato de palha, dá um ar de feito à mão. Como fã de peças de artesanato, só tenho que aplaudir.

A Têca fez um desfile inspirada em exploradores e escoteiros e, como não poderia deixar de ser, transportou isso para os sapatos. Olha a open boot cheia de elementos náuticos e o mocassim de salto com couro snake, que, sabendo a referência usada para o desfile, só me fez lembrar as botas do Crordillo Dandie.

Fernanda Yamamoto se inspirou na geometria e no colorido de dois artistas plásticos latinoamericanos e conseguiu reunir esses dois elementos no modelo único de open boot. Para ficar perfeito, eu cortaria a língua  na frente dos sapatos. Ok, sei que ficaria normal demais, um modelo clássico de open boot. Mas essa língua – e principalmente as extremamente coloridas – são fashion demais para a minha pessoa discreta. 
Ainda não foram disponibilizadas fotos dos desfiles da Amapô e Samuel Cirnansck. Quando as imagens estiverem disponíveis, atualizo o post. 
Anúncios

SPFW day #5

17 jun

Um dia elegante. Assim pode ser definido o quarto dia de desfiles do São Paulo Fashion Week. Muitos scarpins, várias releituras e muitos detalhes que fazem a diferença. Acho que este foi o dia mais proveitoso, até agora, para os pés. E mostra que o clássico scarpin vai ser um dos hits do verão.

Reinaldo Lourenço é, para mim, um dos estilistas mais elegantes do Brasil. O desfile seguiu a linha da elegância, nos pés, não poderia ser diferente. Reinaldo Lourenço soube reinventar o scarpin, com detalhes simples e que fazem toda a diferença.

O desfile da R.Rosner teve um tom angelical, com muita renda e aplicações. E esse clima foi transportado também para os pés. Achei a open boot repleta de aplicações simplesmente linda. E a sandália com asa de borboleta lembra a coleção da Prada, com recortes saindo dos sapatos. Curti. 

Gloria Coelho e suas linhas geométricas.E, se uma das maiores estilistas do Brasil adotou o acrílico nas suas criações, tenho que aceitar. O que não significa que vá usar. Continuo sem gostar. 
Vitorino Campos trouxe mais um exemplo de um sapato extra chique com simplicidade. Um scarpin com um mínimo detalhe na meia-pata e que faz toda a diferença. 

Lino Villaventura trouxe para a passarela sapatos com os mesmos tons e design dos looks, formados por muito brilho e muitos recortes e transparências. Tudo com luxo, como já é tradição do estilista. Gostei dos sapatos, mas são aqueles modelos que é preciso moderação ao usar, para não carregar demais o look e acabar ficando espalhafatoso demais. 

SPFW day #4

16 jun

Hoje o dia foi super puxado no trabalho e só estou conseguindo postar agora os detalhes dos sapatos desfilados no quarto dia do SPFW. Foi um dia bastante movimentado, com seis desfiles e muitas coisas legais na passarela, tanto para nós meninas quanto para os rapazes. Vamos conferir?

A Neon optou for fazer um desfile ao ar livre e trouxe as alpargatas nos pés das suas modelos. O solado, sem salto é o ideal para passear pela grama. E para não dizer que são só alpargatas, amarraram uma tirinha no tornozelo. Gostei da coberta de lantejoulas. 

Ainda falando da Neon, outro modelo desfilado foi uma anabela com tecido. Achei linda, é aquela ideia super simples e que nos faz questionar: “Por que não pensei nisso antes?”

A grife de moda masculina João Pimenta trouxe para a passarela um mocassin de palha. Achei tão fofo que fiquei com vontade de comprar um pro love e usar também! Versão feminina, please!

Juliana Jabour optou por trazer uma sandália simples e sem grandes inovações de design, porém muito elegante e que vai bem com quase todos os looks.


É uma bota? É uma meia! Não, é o modelo indefinido desfilado por Jefferson Kulig. Se eu soubesse o que é, comentaria. Mas como não sei, digo apenas que achei super feio. Foi o mico do dia. 

A Osklen trouxe para a passarela modelos com bastante texturas e pedrarias, tudo em sintonia com os looks. Gostei das aplicações nas sandálias, achei super originais. Quero ver de perto nas lojas. 


E, para os rapazes, a Osklen trouxe uma sandália super verão e que parece ser pra lá de confortável. E olha lá o specchio, presente de novo nos pisantes dos meninos.
Eu simplesmente AMEI essa sandália da Colcci. É a típica sandália que eu gosto: alta, elegante e com salto grosso, que deixa o pé confortável. Mais um exemplo de que, quando o modelo é bom, não importa a cor que você coloque. E esses modelos com taxas, então? Quero todas!!!!

SPFW Day #3

14 jun

O terceiro dia do São Paulo Fashion Week não foi surpreendente para os pés. Só quatro grifes desfilaram na passarela da semana de moda mais importante do País. O acrílico e os materiais transparentes dominaram a noite. 

A Água de Coco por Liana Thomaz trouxe a mesma sandália com ar futurista em duas versões. E mais uma vez o acrílico está presente. É, não tem jeito. É tendência mais do que comprovada. 
Eu adorei essa rasteira desfilada pela Uma Raquel Davidowicz, achei a cara do verão. Uma gladiadora moderna, com um novo design. A pulseira apresentada pela grife também traz o mesmo desenho. E a open boot é uma opção super elegante. 
 Quer uma definição de elegância para os pés? A sandália desfilada pela grife Adriana Degreas. Clássica, daqueles modelos que nunca caem de moda. E lindo. 
A Forum levou um verdadeiro arco-íris em um só modelo de sapato para a passarela. Um scarpin de modelo super prático e bonito. E, mais uma vez, o acrílico está presente. 

Pausa Fashion: os acessórios da Movimento

13 jun
Vamos dar uma pausa nos sapatos e mostrar um pouco do desfile da Movimento. Não é porque sou tão pernambucana quanto a marca e nem estou puxando sardinha para o Estado da bandeira colorida. A verdade é que adorei os acessórios desfilados pela Movimento. E mais fekiz ainda em saber que eles foram desenhados também por um pernambucano – o designer Caio Vinícius. 
Caso vocês não saibam, nós pernambucanos somos megalomaníacos e egocêntricos e adoramos idolatrar tudo que é made in pe. Como diria um amigo, “vocês pernambucanos somos os gaúchos do Nordeste”. 
O desfile da Movimento veio com a proposta de mostrar a mulher moderna e lutadora, mas que não perde a ternura jamais. Por conta disso, nisturou elementos do militarismo com estampas florais. E a pernambucanidade veio presente numa das estampas, inspirada na ação promocional “Recife te Quer”, da Secretaria de Turismo do Recife. 
Pulseiras de cordas coloridas e metalizadas: exagero nos pulsos requer moderação no look. Mas as peças são lindas! Pode anotar como hit do verão em 2013.

Mais uma pulseira mega colorida e um detalhe de brincão desfilado. 

Bolsas com mix de palha e estampa. A tendência já foi mostrada no Fashion Rio, no desfile da Totem. Alguém ainda duvida que não vai pegar?

Mega colares coloridos, com mix de materiais. Outra tendência que também exige moderação na hora de usar. 

SPFW – Day #2

13 jun

O segundo dia do São Paulo Fashion Week começou logo pela manhã, às 11h, com desfile da grife Paula Reis. Foi um desfile bastante leve, não só pelo horário, mas repleto de roupas leves e de cores claras. Mais verão, impossível. E os sapatos seguiram a mesma linha. 

Paula Raia levou para a catwalk um sapato fechado com recortes e transparência na cor nude. Plataforma em todo o solado dá o tom de anabela, que continuará forte no verão. Quero um!
Os sapatos da Ellus seguiram a mesma linha das roupas, em tons escuros e looks mais fechados. Adorei as sandálias, mesmo muito fechadas para o verão. Só não curti o salto de acrílico. Podia ser preto. 

A pernambucana Movimento levou para a passarela um desfile com mix de militarismo e cores tropicais. E conseguiu traduzir isso também nas sandálias desfiladas. Apesar de ser apenas um modelo do pisante, ele se multiplica com as combinações de cores. E o speccio, que tanto apareceu no Fashion Rio, estava lá.

Mais um exemplo de como um modelo único pode se desdobrar em vários. A Iodice fez exatamente isso, com o preto e o prata básicos e um colorido super cara de verão.

Infelizmente, não foram disponibilizadas fotos dos sapatos do desfile do Ronaldo Fraga, que encerrou o segundo dia de desfiles do SPFW. Uma pena, pois, pelo o que pude ver nas fotos em baixa resolução, são lindos. Uma temática bastante floresta amazônica e colorida, já que o estilista se inspirou no Estado do Pará para fazer a coleção. 

SPFW – Day #1

12 jun

Começou a semana de moda mais importante do País, a São paulo Fashion Week, ou SPFW, para ficar mais fácil. São 32 marcas brasileiras que vão subir na passarela e mostrar o que vamos vestir e calçar no próximo verão. E aqui no blog você vê em detalhes os sapatos da catwalk. Hoje, os modelos do primeiro dia de desfiles. 

A Animale abriu a temporada e levou para seu desfile um sapato cheio de amarrações e detalhes no tornozelo. Achei lindo!

Alexandre Herchcovitch fez um desfile prá lá de colorido e levou esse arco-íris também para os pés. Scarpins, ankle boots e oxford de salto com muita cor. Adorei os scarpins, cores legais que levantam qualquer look. 
A Tufi Duek levou modelos clássicos e imponentes para a passarela. Vão bem para a roupa de trabalho e para as festas. 
E, como não poderia deixar de ser, tem que ter uma decepção na noite. Para mim foi a Triton, que veio com esses sapatos indiscritíveis. Ah, teve também o desfile da FH por Fause Haten que, de tão feinhos e comuns, nem me dei ao trabalho de postar os sapatos aqui.